Nova Diretoria?

A Associação Matogrossense dos Município (AMM), elegeu uma “nova” diretoria, que por acaso de nova não tem nada. Neurilan Fraga é ex-prefeito e vai para mais um mandato (terceiro) na entidade que parece ter dono.

O estatuto foi mudado para que um ex-prefeito fosse eleito, e agora o ex quer se perpetuar no poder. A democracia se baseia pela alternância de poder, mas vamos mais alem, qual a legitimidade de um ex-prefeito dirigir uma entidade que defende interesses municipalistas ou dos prefeitos?

Mato Grosso tem vivido mais do mesmo, são sempre as mesmas pessoas nos mesmos lugares e quando muda a cara o modo é o mesmo, ou seja muda o batedor mas o chicote é o mesmo que dilacera a sociedade.

A família Fraga é um exemplo claro disso, José Domingos com inúmeras denuncias de corrupção ao longo de sua carreira política inclusive com vídeos constrangedores deve assumir uma Secretaria do novo governo. Não está fácil para o Mato-grossense, o estado que mais produz para o Brasil é o que menos devolve aos seus cidadãos e não veremos muitas mudanças enquanto os mesmo estarem nos mesmos lugares.

 

Comentários