Mato Grosso, Domingo, 25 de Agosto de 2019
Logo NoticiaNET
Informe Publicitário
DENUNCIA MPE

Vereadora protocola denúncias contra prefeitura de Alta Floresta no Ministério Público

De acordo com a legisladora, o executivo não vem promovendo ações que venham a minimizar os problema

Marcia Jordan

10/05/2019 às 08:24

Vereadora protocola denúncias contra prefeitura de Alta Floresta no Ministério Público
arquivo

Devido a falta de ações da prefeitura municipal de Alta Floresta, a vereadora Elisa Gomes protocolou nesta semana junto ao Ministério Público Estadual, denúncias relacionadas a diversos setores da administração municipal, entre eles a saúde. De acordo com a legisladora, o executivo não vem promovendo ações que venham a minimizar os problemas, diante disso, resolveu procurar o Ministério Público.

 "Protocolei nesta terça-feira ao Ministério Público, as denúncias referentes a saúde de Alta Floresta. Entre elas, a perda de recursos que o município tem por não ter atendimentos adequados nas Unidades de Saúde, neste quesito, estamos perdendo R$ 118.215,00 nas Unidades de Saúde, no CAPS R$ 33.000,00 e no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF ) R$ 20.000,00 (valores mensais). Também informei sobre o fechamento da Farmácia Básica da Rodoviária, falta de remédios, concurso público, situação das Unidades de Saúde e de Endemias, entre outras problemas que a saúde está passando", disse a vereadora. 

Elisa disse que são inúmeros problemas e complementa que entre as denúncias está a situação da UDR (fisioterapia). "Neste departamento falta material de limpeza, quem está comprando são os usuários e os profissionais que atende naquele local,  falta equipamentos e manutenção nos que tem, além da climatização inadequada do espaço físico", complementa. A vereadora disse que a administração não responde os requerimentos e muito menos atende as reivindicações que são feitas através de indicações. "São diversos requerimentos não respondidos pela prefeitura, o que torna esta administração o menos transparente possível. 

Ela descumpre até esta prerrogativa que é responder a Câmara Municipal sobre a fiscalização das suas ações. Indicações não são atendidas, é difícil entender os rumos que esta administração está tomando", complementa. Elisa enfatiza que não tem outro meio a não ser através do Ministério Público. "Estou cansada de pedir explicações à administração, estou encaminhado as denúncias ao MP para que assim sejam tomadas providências", conta a vereadora.