Diretor da PJC: delegacias do interior de MT podem ter atividades suspensas

O diretor-geral da Polícia Civil, Mario Demerval de Rezende, admitiu que algumas delegacias no interior de Mato Grosso podem ter as atividades suspensas em razão do baixo efetivo e diante da situação econômica do Estado.

“O que não se pode hoje admitir é o funcionamento de unidades com um, dois ou três policiais civis, porque você não gira nem uma escala de plantão“, afirmou.

Conforme o delegado-geral, há um estudo sendo finalizado e que deve ser apresentado ao secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, e ao governador Mauro Mendes (DEM), onde são propostas alternativas para “otimizar o baixo efetivo com qualidade” – entre elas, o fechamento de algumas delegacias.

“Policiais seriam realocados para cidades próximas porque, quando a Polícia Civil não existe no município, a Polícia Militar tem que apresentar os detidos na autoridade policial mais próxima. É um estudo, depende do consenso do Executivo, mas também não podemos fazer mágica.  Não tem como trabalhar com um ou dois policias em uma unidade que exige no minímio 5 policiais”, ressaltou.

 

Fonte Midia news

Comentários